O Metro de Paris, tal como o das grandes urbes mundiais, é um mundo onde rico e pobre convivem, branco e negro se senta lado a lado, novos e velhos se cruzam. No fundo é um lugar onde todos somos aquilo que somos, apenas seres humanos.

(Com som)

  • Projecto Fotográfico