Qual a melhor máquina

posted in: Sem categoria | 3

Olá amigos.

Hoje vou partilhar a minha opinião sobre uma questão que muitos fotógrafos, e não fotógrafos, fazem frequentemente, que é: Qual a melhor maquina fotográfica para fazer aquelas fotos espectaculares ?

Numa altura em que a tecnologia dos equipamentos fotográficos evolui rapidamente, com a diversidade de oferta que existe, maquinas digitais compactas, ‘mirorless’, reflex, médio formato, telemóveis e até, porque não, as máquinas de filme cada vez mais a voltarem a estar na moda, é natural que muita gente coloque esta questão.

Hoje em dia praticamente todas as máquinas que se encontram à venda suplantam largamente, em termos tecnológicos, as maquinas que existiam à 10 ou mais anos e, no entanto, sempre se fizeram grandes fotos desde os primórdios da fotografia.

 

Para ilustrar o que digo, e sem pretender ser pretensioso, as fotos que ilustram este post foram feitas por mim, todas elas com máquinas diferentes, em tempos diferentes, havendo uma diferença de 13 anos entre a mais antiga e a mais recente. No entanto considero-as todas boas fotos, independentemente da máquina utilizada.

Então qual a resposta para a questão acima ? A resposta pode, à primeira vista, surpreender-vos mas ela é: Todos nós já temos a melhor maquina possível para fotografarmos !!  E que maquina é essa ?? Nem mais, nem menos do que a nossa VISÃO !!

Pois é !  Por melhor que seja a máquina que usamos, se não soubermos usar a nossa visão,  podem ter a certeza que nunca irão conseguir fazer fotos espectaculares. Agora estarão a pensar; este tipo é parvo, sem visão dificilmente conseguimos fotografar. No entanto a VISÃO a que me refiro não é só o nosso olhar. É muito mais que isso.

Visão é olharmos e saber interpretar aquilo que temos à nossa frente, sentir a energia, ou a nostalgia, ou a beleza, ou a crueza, ou o que seja, que a cena nos transmite. É ver para além do óbvio, é estudar a cena e encontrar o melhor enquadramento, a melhor luz, a melhor composição. É vermos com os nossos sentimentos, o nosso conhecimento, até com a nossa disposição da altura. É um conjunto de sensações intangíveis que vai muito para além do simples olhar.

 

Obviamente que há pessoas que têm mais facilidade do que outras para usar essa VISÃO mas não pensem que não é possível aperfeiçoar a visão. Todos temos capacidade de fazer grandes fotos. Através do visionamento dos trabalhos de grandes fotógrafos, perceber com que tipo de trabalhos nos identificamos mais, estudá-los, identificar como foram ‘construídas’  aquelas fotos que mais nos tocam e, sobretudo, fotografar muito !! Na fotografia, o trabalho prático é a ‘mãe’ da arte.

Mas agora podem questionar. Então mas o tipo de maquina não interessa nada ?? Claro que interessa, mas não pelos motivos que muitos pensam. O tipo de máquina pode ser importante quando definimos o tipo de fotos que queremos fazer, refiro-me a fotos de rua, ou fotos de desporto, ou fotos de estúdio, etc, ou o nível de conhecimento técnico que possuímos. A escolha da máquina poderá ajudar-nos a atingir os objectivos que nos propomos mas, se não desenvolvermos a nossa visão e soubermos o que queremos fazer antes de fotografar, de certeza que a máquina, só por si, nunca irá fazer a TAL foto.

 

Definir qual a importância da máquina para os diversos tipos de fotografia, é um tema interessante mas que ficará para desenvolver numa próxima oportunidade. Para já apenas vos sugiro que fotografem muito mas sempre com uma atitude crítica do vosso trabalho para aperfeiçoarem a vossa visão.

Termino com uma frase de um grande fotógrafo canadiano, David duChemin, que ilustra muito bem o que vos disse acima: “Gear is good, but vision is better” (O equipamento é bom, mas a visão é melhor).

 

Beijos e abraços.

3 Responses

    • Jorge

      Grande João, desculpa só agora responder mas o este teu comentário, passou-me 🙁
      É só combinarmos um dia para ir fazer umas fotos. Sugere quando quiseres e tentamos acertar calendário.
      Abraço.
      Jorge

  1. Luis Trinite

    Amigo Jorge, bela abordagem sobre o tema. Assim é e sempre será! A melhor foto, é aquela em que muitos se revêem e gostam, que pode não ser a por nós eleita. Vou tentar descobrir a versão filosófica sobre o tema, que foi a que o meu filho João apresentou no seu curso. Grande abraço.

Responder a Jorge Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.