O Alfaiate

posted in: Sem categoria | 2

Alfaiate

 

Olá amigos,

Hoje vou começar um tema a que voltarei regularmente neste blog, a que chamo história de uma fotografia.

 Acho interessante partilhar convosco algumas histórias engraçadas que aconteceram na realização de algumas fotos do meu portfólio, pois são sempre enriquecedoras para quem goste e faça fotografia, especialmente fotografia de rua.

 A foto de hoje, a que chamei O Alfaiate, foi registada há alguns anos atrás numa das minhas visitas a Alfama.

Quando ia a passar na Rua dos Remédios, reparei neste simpático senhor à porta de sua ‘velha’ loja de alfaiate, encostado à umbreira da porta, olhando para quem passava. Achando interessante a sua imagem, aproximei-me e perguntei-lhe se lhe podia ‘tirar o retracto’.

Olhou para mim com um ar muito sério, fez uma pausa, e perguntou-me com um ar grave: “Para que é que quer a minha fotografia ?”

Prontos, já fui… pensei eu. Tentando ser o mais afável possível, respondi-lhe que andava a fotografar o bairro, assim como os seus moradores mais ‘emblemáticos’.

Ouvindo a minha resposta, ficou parado uns segundos ainda com o seu ar sério e, subitamente mudando da ar serio para um ar muito mais brincalhão, mandou-me entrar e disse-me: “se é para fotografar, então montemos um cenário como deve de ser !!”.

E assim foi, colocou o apetrecho de passar a ferro na bancada, colocou a fita métrica ao pescoço e, agarrando no ferro, posou para a fotografia !!

Depois da curta sessão fotográfica, foi-me mostrar recortes de antigas revistas onde a foto dele já tinha sido publicada igualmente em pose na loja, e referindo que já era uma personagem ilustre nos meios fotográficos. Que espectáculo !!

Conclusão: Vale sempre a pena abordar, de uma forma educada, alguém na rua que achemos interessante fotografar pois, por vezes, temos surpresas bem agradáveis !!

Ahh, uma ultima chamada de atenção; não sendo o motivo principal da foto, reparem o que está na parede, por cima do ombro esquerdo do alfaiate. Pronto, já estou a ver um sorriso nas vossas caras…

2 Responses

  1. José Teixeira

    Alguns anos atrás. .. 5 segundo o que está na parede.
    Boa foto e boa história Jorge. Abraço

  2. Fernando Penim Redondo

    História bem gira e excelente fotografia

Responder a José Teixeira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.